Buscar
  • Daniel Takata

Liverpool jogou bem abaixo da média. E deve muito do título a Alisson


Alisson e o troféu da Liga dos Campeões (foto: Getty Images)

No último domingo, o Liverpool sagrou-se campeão da Liga dos Campeões da Europa pela sexta vez.


A final foi disputada contra o também inglês Tottenham, com vitória por 2 a 0.


Foi a consagração do treinador alemão Jurgen Klopp e de seus craques, como Mohamed Salah, Virgil Van Dijk, Sadio Mané, Roberto Firmino e outros, que estavam na derrota na final contra o Real Madrid, no ano passado.


Desta vez, o Liverpool chegava com ligeiro favoritismo, após eliminar de forma história o Barcelona, de Messi, nas semifinais (reverteu uma derrota por 3 a 0 no jogo de ida com um 4 a 0 na volta).


(não se pode esquecer que o Tottenham também se classificou de maneira histórica, ao vencer o Ajax por 3 a 2 em Amsterdam de virada, com um gol no último minuto)


Por isso, esperava-se uma final empolgante, espetacular, emocionante.


Não foi o que se viu. Principalmente no primeiro tempo, o jogo foi pragmático, modorrento.


E o Liverpool apresentou-se longe da eficiência dos outros jogos. Os números mostram.


Trocou 175 passes certos, contra uma média de 430 em seus outros jogos no torneio. O Tottenham acertou 408.


Acertou 64% dos passes, enquanto seu menor índice até a final havia sido de 74%. O Tottenham teve um índice de 80%.


Teve a bola em apenas 36% do jogo. Sua média no torneio era de 51%.


Teve apenas três finalizações em direção ao gol, contra oito do adversário.


Uma partida do Liverpool muito abaixo de sua média. Mas o time contava com o goleiro brasileiro Alisson.


Suas oito defesas, sendo ao menos quatro difíceis, foi o maior número em um jogo do mata-mata dessa Liga dos Campeões.


Desde 2004, um goleiro não faz mais que oito defesas na final do torneio.


Sua atuação foi celebrada pelo treinador Klopp, pelos companheiros e por todo o mundo.


Não é para menos. Em um Liverpool com um desempenho efadonho, Alisson foi o fator de desequilíbrio. Os números mostram.


No vídeo a seguir do canal Esportístico no YouTube dou mais detalhes sobre as estatísticas da partida.





48 visualizações

Entre em contato

Caso tenha dúvidas, críticas, sugestões ou simplesmente queira entrar em contato, preencha o formulário e clique em "Enviar".
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • Twitter Social Icon
  • YouTube

© 2019 por Daniel Takata.