Entre em contato

Caso tenha dúvidas, críticas, sugestões ou simplesmente queira entrar em contato, preencha o formulário e clique em "Enviar".
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • Instagram
  • Twitter Social Icon
  • YouTube

© 2019 por Daniel Takata.

Buscar
  • Daniel Takata

O jogo dos números: como a análise de dados está mudando o futebol


(foto: reprodução/YouTube)

O título deste post pode parecer pretencioso.


Mas nada mais é do que a tradução livre de um documentário produzido pela FourFourTwo, tradicionalíssima revista de futebol inglesa: The Numbers Game: How Data Is Changing Football.


O documentário, de 20 minutos, está disponível no YouTube e mostra como clubes ingleses têm investido da estatística e na ciência de dados para melhorar seus desempenhos e para otimizar seus gastos na compra de reforços.


Conta também com o valioso depoimento de Billy Beane, dirigente de beisebol que revolucionou o esporte no final da década de 90 ao levar seu time, o Oakland Athletics, a ter sucesso mesmo com um orçamento restrito frente às equipes mais baladas. Tudo isso usando a análise de jogadores através de estatísticas computadas durante as partidas.


Talvez você conheça sua história, pois foi retratada no livro Moneyball (de autoria de Michael Lewis) e no filme de mesmo nome, esse último estrelado por Brad Pitt.


O documentário da FourFourTwo deixa claro que o desafio da utilização da análise de dados no futebol é bem diferente em relação a esportes como beisebol, basquete e tênis, devido às complexas interações entre os jogadores.


E também por ser um jogo de placares baixos, em que um lance de sorte pode definir o resultado de uma partida.


O filme também transmite que os jogadores que atuam na Inglaterra têm a exata noção da importância da análise de dados em seus desempenhos. Será que isso ocorre em uma escala parecida aqui no Brasil?


O vídeo do documentário encontra-se logo abaixo. Se tiver dificuldades com o inglês, selecione a opção de tradução automática de legenda para português do YouTube. Não é uma tradução perfeita, mas ajuda muito o entendimento.




99 visualizações